Curitiba

Desde que eu conheço o Bruno, ele sempre me disse que eu precisava conhecer Curitiba!
O motivo? Porque lá é uma cidade rica em gastronomia.
E então, no feriado de 15 de novembro nós conseguimos marcar essa viagem e explorar o que a cidade tem de mais gostoso: a comida!
Claro que tem outras coisas para conhecer e fazer, é por isso vou mostrar para vocês o nosso roteiro nesses três dias turistando por Curitiba.

Ficamos hospedados no Hotel Saint Harbor Self Emilion  no bairro Batel, no centro da cidade.
Para nos locomover usamos apenas Uber, porém,  a cidade também possui ônibus de turismo que passa pelos principais pontos turísticos da cidade. Mas, nós colocamos no papel e não valia a pena, pois é cobrado 40 reais por pessoa para 4 reembarques em pontos determinados. Quem quiser saber mais é só clicar aqui.

Sábado
Iniciamos o dia visitando a Gauden Bier, uma fábrica de cerveja localizada no famoso bairro de Santa Felicidade. Durante o tour o guia explica todo processo de fabricação e mostra todas as etapas de produção da bebida. Além disso também é possível degustar alguns dos principais sabores.
Se você gosta de cerveja e quer conhecer um pouco mais sobre sua produção, o passeio vale muito a pena. O custo foi de 15 reais por pessoa e o tour dura cerca de 1 hora. (É necessário agendar com antecedência através do site)
1-Downloads7
Saindo da Gauden Bier a nossa próxima parada foi a Vinhos Durigan que fica na mesma avenida. No caminho você passará pela Vinícula Durigan, mas por recomendação nós fomos à Vinhos Durigan.
Lá vende doces caseiros, chocolates, bebidas, queijos e outras coisas deliciosas! E a parte mais legal é que é possível fazer a degustação antes de comprar.
1-IMG_4692
Próximo a hora do almoço decidimos conhecer um dos restaurantes mais famosos de Curitiba, o Madalosso.
A princípio fiquei com receio da visita porque ouvi muitas opiniões adversas sobre o lugar. Mas nada como ir e conhecer para tirar essa dúvida né?
O sistema de lá é rodízio de massas, e prepare-se porque fartura é o que não falta.
1-Downloads8
Uma sugestão: Vá com fome e desfrute bastante dessa experiência diferente e deliciosa.

Domingo
Para curtir o domingo nós começamos o roteiro na Rua 24 horas. O local é considerado um ponto comercial e turístico da cidade. Lá encontrei uma lojinha maravilhosa de chocolates fabricados em Gramado, e quem disse que consegui sair de lá de mãos vazias? Hahaha, eram muitas tentações. (ps. Tem uma loja dessa em frente ao Madalosso).
1-Downloads9
Próxima parada: Largo da Ordem. Aos domingos acontece uma feirinha GIGANTE, e repleta de coisinhas legais e interessantes. Vale a pena conferir tudo de perto!
Além das barracas vendendo tudo que vocês podem imaginar, quando fomos também tinha música ao vivo, exposição de carros antigos e MUITA gente, hahaha.
1-Downloads10
Saindo de lá fomos conhecer a Rua XV de Novembro, só que como era domingo estava tudo fechado! 🙁
Mas resumindo, lá é um lugar cheio de comércio, com várias lojas e bancos.
A hora do almoço chegou e partimos rumo a Cantina do Délio! Que lugar maravilhoso. Só de pensar já quero voltar!
A Cantina possui uma decoração linda, que já me encantou logo quando cheguei.
Depois de muitas dúvidas  e salivar bastante lendo o cardápio, eu decidi pedir um Spaghettini com Ragú di Maiale que é feito com molho de linguiça de pernil e o Bruno foi de Lasanha. Gente, o que é isso? Pratos maravilhosos, deliciosos e preparados com o maior capricho do mundo.
E não para por aí.. Nós não resistimos e pedimos o Banoffi, sobremesa clássica do restaurante.. Penso nele até hoje!1-Downloads11
1-IMG_4793
O domingo também foi dia de visitar o Jardim Botânico.
Lugar cheio de flores, calmo, tranquilo e frio, hahahaha. Mas com um charme todo especial.
1-IMG_4818
Durante o planejamento do roteiro eu comecei a pesquisar lugares para comer na cidade e encontrei a Mary Ann Factory, lá eles produzem maçãs gourmets, cobertas com caramelo e diversas opções de coberturas.
Só de lembrar já sinto vontade daquelas maçãs.. São realmente deliciosas!
1-Downloads12
Para encerrar o dia, era hora de experimentar o famoso Bolinho no Pão! Comida típica curitibana. E para provar essa iguaria, fomos ao bar ucraniano “Barbaran”. Como ficava bem próximo ao hotel, acabamos indo a pé mesmo.
Além do Bolinho no Pão, a casa também possui outros pratos típicos do leste europeu e cervejas especiais.
Eu gostei bastante do lanche. É grande, saboroso e barato! Perfeito para degustar acompanhado de uma cerveja.
1-IMG_4888

Segunda-feira
Curitiba também é conhecida por ser repleta de parques, sendo um deles o Tanguá.
Ele fica em uma região mais reservada e com alguns condomínios de casa próximo.
O Parque é bem calmo, tranquilo e oferece uma bela vista.
E como todo ponto turístico, lá tem uma lojinha de souvenir.. Confesso que nunca resisto a essa parte de compras! Hahaha.
1-IMG_4896Saindo de lá fomos de Uber até a Opera de Arame, um teatro feito de tubos de aço e estruturas metálicas que recebe peças e shows, porém hoje com uma quantidade de público limitada devido a preservação e segurança para o espaço.
1-IMG_4920Depois de visitar a Ópera de Arame, a nossa próxima parada seria a Torre Panorâmica, porém não conseguimos concluir esse passeio pois estava em manutenção. Então partimos para o Bosque do Alemão.
1-IMG_4929No último instante decidimos ir até a Faculdade UNILIVRE, um passeio que estava fora do roteiro.
O lugar é super arborizado, tranquilo e calmo.
É ideal para quem quer curtir uma paisagem bonita e estar mais perto da natureza.
1-Downloads15Para almoçar, escolhemos um restaurante por kg e bem caseiro chamado Dona Nicolina.
Comida leve e saborosa! Depois de tantas gordices, tínhamos que comer algo mais leve hahaha.
Saindo de lá fomos comer uma sobremesa, na Cuore di Cacau. Uma chocolateria bem gourmet e diferente.
A primeira vez que pesquisei sobre o lugar me apaixonei por esses palets de diversos sabores que eles produzem de forma perfeita e delicada.
1-Downloads14E para fechar a nossa última noite na cidade, fomos ao famoso Bar do Alemão – Schwarzwald.
Na minha opinião é uma visita imperdível. As comidas são deliciosas!
Nós pedimos uma porção de fritas (que estavam SUPER crocantes) e depois uma porção variada com salsichas, carne de onça e outras iguarias.
E claro, não poderia faltar o Chopp Submarino! Essa canequinha de dentro é uma lembrança super fofa para você guardar de Curitiba.
1-Downloads13


Você também pode gostar


Deixe um comentário